Canecas divertidas para tomar sua bebida neste inverno

Apesar do formato comum, a mágica dessa caneca está na estampa. O joguinho Tetris parece incompleto quando a caneca está vazia (ou com bebida fria), mas tudo muda quando um chá ou café quentinho entram em cena! O jogo fica quase completo e a caneca muito mais divertida. Em cerâmica, comporta 350 ml e custa R$ 52.
Apesar do formato comum, a mágica dessa caneca está na estampa. O joguinho Tetris parece incompleto quando a caneca está vazia (ou com bebida fria), mas tudo muda quando um chá ou café quentinho entram em cena! O jogo fica quase completo e a caneca muito mais divertida. Em cerâmica, comporta 350 ml e custa R$ 52.
Essas canecas transbordam tanta fofura que até parece que alguém já as apertou. Em cerâmica, têm design redondo com o detalhe dos amassadinhos, além de carinhas absurdamente mordíveis. Com 8,8 x 12,7 cm de tamanho, o set com duas custa R$ 50
Essas canecas transbordam tanta fofura que até parece que alguém já as apertou. Em cerâmica, têm design redondo com o detalhe dos amassadinhos, além de carinhas absurdamente mordíveis. Com 8,8 x 12,7 cm de tamanho, o set com duas custa R$ 50.
Praticidade é tudo nessa vida, ainda mais se envolve preguiça, espaço e fundesign. As canecas têm desenho que lembram um totem com a boca aberta e acomodam a bebida quentinha e os biscoitos de uma única vez. Em cores vibrantes, cada par custa R$ 35.
Praticidade é tudo nessa vida, ainda mais se envolve preguiça, espaço e fundesign. As canecas têm desenho que lembram um totem com a boca aberta e acomodam a bebida quentinha e os biscoitos de uma única vez. Em cores vibrantes, cada par custa R$ 35.
Em cerâmica, a caneca tem formato de dado e serve para os dias de frio, chuva e games. Nas opções branco e vermelho, cada uma custa R$ 34.
Em cerâmica, a caneca tem formato de dado e serve para os dias de frio, chuva e games. Nas opções branco e vermelho, cada uma custa R$ 34.
Aos cientistas, farmacêuticos e químicos de plantão, a caneca em forma de béquer é de vidro e tem as medidas estampadas na parte de fora. Só decorativo, afinal um tantinho a mais de chocolate quente não vai alterar a fórmula (talvez a da felicidade instantânea). Com capacidade para até 400 ml, custa R$ 15.95.
Aos cientistas, farmacêuticos e químicos de plantão, a caneca em forma de béquer é de vidro e tem as medidas estampadas na parte de fora. Só decorativo, afinal um tantinho a mais de chocolate quente não vai alterar a fórmula (talvez a da felicidade instantânea). Com capacidade para até 400 ml, custa R$ 15.95.
Em dias que nem o café consegue cumprir sua função, que tal um mecanismo de corda para ajudar nesse up? A caneca tem design simples e cor neutra, para dar destaque ao mecanismo, que também funciona como alça. Com 11,4 x 8,2 cm de tamanho, sai por R$ 11.99
Em dias que nem o café consegue cumprir sua função, que tal um mecanismo de corda para ajudar nesse up? A caneca tem design simples e cor neutra, para dar destaque ao mecanismo, que também funciona como alça. Com 11,4 x 8,2 cm de tamanho, sai por R$ 11.99 cada.
 
Todas as canecas são encontradas em nossa loja

Ideias Incríveis

Azul sem fronteiras

A casa de praia assinada por nosso Arquiteto Roberto Migotto é um deslumbre. Com espaços integrados, ela se revela colorida por diversas nuances de azul, do piso de resina (Resinfoor) às obras de arte. “Planejei uma decoração de espírito fresh e cool.” Sobre o tapete de fbra de bananeira (Botteh), poltronas de épocas diversas apontam outra tendência: o resgate do vintage. Na varanda, o sol chega de mansinho pelo pergolado (Marcenaria Katartizo), pintado na cor do momento: o azul-klein. Bancada da Todeschini.

A casa de praia assinada por nosso Arquiteto Roberto Migotto é um deslumbre. Com espaços integrados, ela se revela colorida por diversas nuances de azul, do piso de resina (Resinfoor) às obras de arte. “Planejei uma decoração de espírito fresh e cool.” Sobre o tapete de fbra de bananeira (Botteh), poltronas de épocas diversas apontam outra tendência: o resgate do vintage. 

Na varanda, o sol chega de mansinho pelo pergolado (Marcenaria Katartizo), pintado na cor do momento: o azul-klein. Bancada da Todeschini.

Na varanda, o sol chega de mansinho pelo pergolado (Marcenaria Katartizo), pintado na cor do momento: o azul-klein. Bancada da Todeschini.

Cobertura Casa Cor

Casa Cor: São Paulo

Nossa equipe entrou antes de todo mundo na maior na Casa Cor São Paulo e clicou todos os ambientes decorados. Confira as fotos abaixo.

Texto Claudia Nogueira, Cristina Dantas, Daniela Venerando e Naiara Albuquerque | Fotos Cacá Bratke, Evellyn Muller, Levi Mendes Jr., Luís Gomes e Marco Antônio
  SALA DE IMPRENSA - Julio Cesar Dantès, decorador. Para não atrapalhar a concentração dos jornalistas, o decorador pensou numa área onde função e design se complementem.
SALA DE IMPRENSA – Julio Cesar Dantès, decorador.
Para não atrapalhar a concentração dos jornalistas,
o decorador pensou numa área onde função e design se complementem.
LOFT DO PUBLICITÁRIO - Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes, arquitetos. “A morada é para um jovem urbano, culto e antenado, por isso ousei nas cores e misturei os estilos clássico e contemporâneo”, explica Antonio Ferreira Junior.

LOFT DO PUBLICITÁRIO – Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes, arquitetos.
“A morada é para um jovem urbano, culto e antenado, por isso ousei nas cores e misturei os estilos clássico e contemporâneo”, explica Antonio Ferreira Junior.

LIVING SUPERIOR - Leo Di Caprio, designer de interiores. Estimular a imaginação é a meta deste projeto. “Pendurei a cadeira Esqueleto, de Pedro Franco, junto às telas, para propor questionamento sobre arte e design.” 
LIVING SUPERIOR – Leo Di Caprio, designer de interiores. Estimular a imaginação é a meta deste projeto. “Pendurei a cadeira Esqueleto, de Pedro Franco, junto às telas, para propor questionamento sobre arte e design.”

A 27ª edição da Casa Cor São Paulo está especialmente atraente. “Voltamos ao nosso DNA, com foco 100% no morar”, afirma Angelo Derenze, presidente do Grupo Casa Cor. De fato, os eventos paralelos de anos anteriores (Casa Hotel, Casa Kids etc.) deixaram de existir e o ponto de convergência dos arquitetos, decoradores e paisagistas agora é a casa em que vivemos, ou com que sonhamos viver. “A proposta é desvendar a relação viva e apaixonada com o nosso lar e mostrar que ter uma casa bonita e cheia de estilo está ao alcance de todos”, complementa.

Mais detalhes: Casa CorCasa.

Casa cor Rio Grande do Sul: detalhes de decoração que impressionam.

Até 1º de agosto, a mostra reúne em 42 projetos as principais tendências em arquitetura e decoração, com o tema “Um olhar muda tudo”.

Por Luciana Andrade | Fotos Divulgação
Gabinete Home, Sweet Office. José Pedro Maciel, Maira Guatimosim Maciel e Julia Maciel apostaram no animal print neste ambiente de 24m². A estampa Ashanti, com desenho de pele de zebra, foi criada pelo estilista Reinaldo Lourenço e desenvolvida nos painéis amadeirados pela DellAnno, que forneceu a grande estante para livros. Destaque para a porta de correr, que carrega a TV acoplada no vidro branco.  
Gabinete Home, Sweet Office. José Pedro Maciel, Maira Guatimosim Maciel e Julia Maciel apostaram no animal print neste ambiente de 24m². A estampa Ashanti, com desenho de pele de zebra, foi criada pelo estilista Reinaldo Lourenço e desenvolvida nos painéis amadeirados pela DellAnno, que forneceu a grande estante para livros. Destaque para a porta de correr, que carrega a TV acoplada no vidro branco.
The Black Box. Dall’Agnol R. Junior dividiu o ambiente de 130 m² em salão principal (com espaço gourmet, lounge com home dancing, mesa de sinuca e área de bar), lavabo, recanto da bicicleta e recanto do SPA. A tecnologia está presente no bar com lift motorizado para taças de cristal e outros recursos, incluindo a iluminação. Lacas foscas e brilhantes, sedas, espelhos champagne, vidros bronze e ouro nos metais enobrecem a decoração. A marcenaria sob medida é Todeschini.

The Black Box. Dall’Agnol R. Junior dividiu o ambiente de 130 m² em salão principal (com espaço gourmet, lounge com home dancing, mesa de sinuca e área de bar), lavabo, recanto da bicicleta e recanto do SPA. A tecnologia está presente no bar com lift motorizado para taças de cristal e outros recursos, incluindo a iluminação. Lacas foscas e brilhantes, sedas, espelhos champagne, vidros bronze e ouro nos metais enobrecem a decoração. A marcenaria sob medida é Todeschini.

A Casa é Sua. O espaço de Luiz Sentinger, com 140m², é um dúplex. O living ocupa boa parte do térreo e traz uma síntese dos materiais naturais utilizados, como a madeira, o couro, o linho e o mármore travertino bruto. Máscaras, gravuras e outros objetos com influências árabes, chinesas e africanas se fazem presentes. A mesa de centro foi elaborada com ripas de madeira de demolição e os painéis também são amadeirados.  

A Casa é Sua. O espaço de Luiz Sentinger, com 140m², é um dúplex. O living ocupa boa parte do térreo e traz uma síntese dos materiais naturais utilizados, como a madeira, o couro, o linho e o mármore travertino bruto. Máscaras, gravuras e outros objetos com influências árabes, chinesas e africanas se fazem presentes. A mesa de centro foi elaborada com ripas de madeira de demolição e os painéis também são amadeirados.

A 22a edição da Casa Cor Rio Grande do Sul apresenta 42 ambientes assinados por 62 profissionais de arquitetura, design e paisagismo, trazendo as últimas tendências do mercado e combinações de vários estilos com uma pitada de sofisticação. Algumas das novidades são os ambientes com tamanhos maiores e a aposta nas texturas, com destaque para os tecidos crus, a madeira, as lacas com alto brilho, muitos painéis em vidro e uma marcenaria super criativa, além de muitos recursos de iluminação e automação. Os detalhes não negam a intenção de impressionar: cristais, mármores nobres, pastilhas de ouro e estampas assinadas por estilistas renomados, como Reinaldo Lourenço e Alexandre Herchcovitch.

Mais detalhes: Casa Cor – RS